Páginas

terça-feira, 29 de abril de 2014

Elena de Francesco Cavalli


Gulbenkian, hoje

CAPPELLA MEDITERRANEA
LEONARDO GARCÍA ALARCÓN (direção)
JEAN-YVES RUF (encenação)
LAURE PICHAT (cenografia)
CLAUDIA JENATSCH (figurinos)
CHRISTIAN DUBET (desenho de luzes)
GIULIA SEMENZATO (soprano) (Elena, Venere)
KANGMIN JUSTIN KIM (contratenor) (Menelao)
DÁVID SZIGETVÁRI (tenor) (Teseo)
GIUSEPPINA BRIDELLI (meio-soprano) (Ippolita, Pallade)
RODRIGO FERREIRA (contratenor) (Peritoo)
ZACHARY WILDER (tenor) (Iro)
ANNA REINHOLD (meio-soprano) (Menesteo, La Pace)
KRZYSZTOF BACZYK (baixo) (Tindaro, Nettuno)
MARIANA FLORES (soprano) (Erginda, Giunone, Castore)
MAJDOULINE ZERARI (meio-soprano) (Eurite, La Verita)
BRENDAN TUOHY (tenor) (Diomede, Creonte)
JAKE ARDITTI (contratenor) (Euripilo, La Discordia, Polluce)
JOB ARANTES TOMÉ (barítono) (Antiloco)

Elena
Francesco Cavalli
Dramma per musica, num prólogo e três atos.

Nova produção do Festival d’Aix-en-Provence External Link e da Academia Europeia de Música.

Coprodução com Marseille-Provence 2013 – Capital Europeia da Cultura, com o apoio da Fundação Orange – Ópera de Lille, Ópera de Montpellier, Angers-Nantes Ópera, Ópera de Rennes e Fundação Calouste Gulbenkian.

segunda-feira, 28 de abril de 2014

Caetano Veloso

#FE84-14 No. 7 Last Adventures | The Collective


As part of Forced Entertainment's 30th birthday celebrations in 2014 we'll be releasing a series of 30 videos throughout the year made with long term collaborator Hugo Glendinning. Forced Entertainment 84-14 will see the group reflect on the work, discuss the ideas behind it and set their minds on future possibilities.

sábado, 26 de abril de 2014

Mozart Concert Arias - Un Moto di Goia, Anne Teresa de Keersmaeker


MOZART CONCERT ARIAS
UN MOTO DI GIOIA

Anne Teresa De Keersmaeker coreografia ∙ Anne Teresa De Keersmaeker e Jean-Luc Ducourt conceito ∙ W.A.Mozart música ∙ Herman Sorgeloos cenário ∙ Rudy Sabounghi figurinos ∙ Anne Teresa De Keersmaeker desenho de luz 

Eduarda Melo, Kamelia Kader, Carla Caramujo sopranos ∙ João Paulo Santos pianoforte ∙ Divino Sospiro interpretação musical ∙ Massimo Mazzeo direcção musical 

Árias de concerto KV78/ KV272/ KV383/ KV418/ KV505/ KV528/ KV578/ KV579/ KV582/ KV583, Divertimenti, Cassatione.

És tu a Primavera que eu esperava,
A vida multiplicada e brilhante,
Em que é pleno e perfeito cada instante.

Sophia de Mello Breyner Andresen
Promessa, in Dia do Mar, 1947

Anne Teresa De Keersmaeker estreou Mozart Concert Arias em 1992, no seu primeiro ano de residência no Théâtre de la Monnaie, em Bruxelas.

Terá sido talvez a influência de um teatro de ópera que a levou a escolher as árias para soprano e orquestra de Mozart e, com elas, criar uma obra que tanto é um concerto encenado como um espetáculo de dança. Por sua vez, o cenário de Herman Sorgeloos é simultaneamente um salão de dança e um jardim, enquanto que os figurinos de Rudy Sabounghi, remetem para o século XVIII sem nunca deixarem de ser contemporâneos.

É nestes ambientes híbridos que De Keersmaeker revela um verdadeiro caso de amor por Mozart. E não é só pela sua música mas por tudo o que o possa sugerir: o ornamento, a galanteria, a sensualidade, o jogo, a superficialidade, o humor e a leve intermitência entre a tristeza e a alegria.

Para a CNB, o relacionamento com a coreógrafa belga aprofunda-se com esta obra, que será a sua quinta a ser incluída no repertório da Companhia. A linguagem de Keersmaeker entrou no nosso quotidiano e foi plenamente assimilada pelos artistas.

Juntamente com os músicos do Divino Sospiro estaremos, orgulhosamente, à altura da qualidade exigida por esta obra, uma das mais marcantes da coreógrafa.

ESTREIA NA CNB. Até 10 de Maio. Teatro Camões.
Estreia mundial ROSAS, Festival d’Avignon, França, 30 de julho de 1992
(Informação do sítio da CNB.)

2006

quarta-feira, 23 de abril de 2014

Gustav Mahler Jugendorchester (3)

Gulbenkian, 24 de Abril

GUSTAV MAHLER JUGENDORCHESTER
DAVID AFKHAM (maestro)
CHRISTIANE KARG (soprano)

Richard Wagner
Abertura do 3ª Ato e Encantamento de Sexta Feira Santa da ópera Parsifal

Alban Berg
Sete canções da Juventude

Gustav Mahler
Sinfonia nº4, em Sol Maior
-------

Gulbenkian, 25 de Abril

GUSTAV MAHLER JUGENDORCHESTER
DAVID AFKHAM (conductor)
EMILY MAGEE (soprano)

Alban Berg
Três peças para Orquestra, op. 6

Richard Strauss
Quatro últimas canções

Anton Bruckner
Sinfonia nº7, em mi maior

Gustav Mahler Jugendorchester (2)


Gulbenkian, 24 de Abril

GUSTAV MAHLER JUGENDORCHESTER
DAVID AFKHAM (maestro)
CHRISTIANE KARG (soprano)

Richard Wagner
Abertura do 3ª Ato e Encantamento de Sexta Feira Santa da ópera Parsifal

Alban Berg
Sete canções da Juventude

Gustav Mahler
Sinfonia nº4, em Sol Maior
-------

Gulbenkian, 25 de Abril

GUSTAV MAHLER JUGENDORCHESTER
DAVID AFKHAM (conductor)
EMILY MAGEE (soprano)

Alban Berg
Três peças para Orquestra, op. 6

Richard Strauss
Quatro últimas canções

Anton Bruckner
Sinfonia nº7, em mi maior

Gustav Mahler Jugendorchester (1)


Gulbenkian, 24 de Abril

GUSTAV MAHLER JUGENDORCHESTER
DAVID AFKHAM (maestro)
CHRISTIANE KARG (soprano)

Richard Wagner
Abertura do 3ª Ato e Encantamento de Sexta Feira Santa da ópera Parsifal

Alban Berg
Sete canções da Juventude

Gustav Mahler
Sinfonia nº4, em Sol Maior
-------

Gulbenkian, 25 de Abril

GUSTAV MAHLER JUGENDORCHESTER
DAVID AFKHAM (conductor)
EMILY MAGEE (soprano)

Alban Berg
Três peças para Orquestra, op. 6

Richard Strauss
Quatro últimas canções

Anton Bruckner
Sinfonia nº7, em mi maior

indielisboa - Destaques de Programação - Mafalda Melo

indielisboa - Destaques de Programação - Catarina Cabral

Jazz em Agosto 2014

Gulbenkian
Prémio

terça-feira, 22 de abril de 2014

Levon Eskenian, Gurdjieff Ensemble



Gulbenkian, 23 de Abril

LEVON ESKENIAN (direção artística e arranjos)
EMMANUEL HOVHANNISYAN (duduk)
AVAG MARGARYAN (blul)
ARMEN AYVAZYAN (kamanche)
ARAM NIKOGHOSYAN (alaúde)
MERI VARDANYAN (qanun)
VLADIMIR PAPIKYAN (santur)
DAVIT AVAGYAN (tar e saz)
MESROP KHALATYAN (dap e dhol)
NORAYR GAPOYAN (duduk)

Música de Georges I. Gurdjieff

O nome Georges I.Gurdjieff está associado, antes de mais, à espiritualidade e ao autoconhecimento. Mas as viagens do influente pensador arménio pelo Cáucaso, pelo Médio Oriente, pela Índia e pelo Norte de África resultaram igualmente numa série de composições baseadas nos folclores e rituais das tradições locais. Foi com o objetivo de celebrar essa música e o seu intrigante autor que Levon Eskenian criou o Gurdjieff Folk Instruments Ensemble, veículo para a interpretação dos seus próprios arranjos para instrumentos orientais da obra de Gurdjieff. FCG

segunda-feira, 21 de abril de 2014

ICTUS - Teatro Experimental de Cascais



ICTUS 
de Miguel Graça
2011

ELE era o
CAÇADOR mas é casado com 
ELA que é mãe do 
AUTOR que casou com a 
ACTRIZ que executou o 
GENERAL que um dia se encontrou com um
SOLDADO que quem sabe foi um 
BARMAN ou um
CÃO ou um
FUGITIVO ou um
LOUCO que deitou fogo ao teatro

encenação Carlos Avilez
cenografia e figurinos Fernando Alvarez

interpretação David Esteves, Fernando Luís, Gonçalo Romão, Pedro Caeiro, Raquel Oliveira, Sérgio Silva, Teresa Côrte-Real, Tobias Monteiro

produção Teatro Experimental de Cascais
Até 27 de Abril
Teatro Municipal Mirita Casimiro

La Passion selon Saint Matthieu de Bach au Grand Auditorium Gulbenkian

Vídeo disponível até 18/04/2015.

#FE84-14 No. 6 Pleasure | Tomorrow's Parties | sharing material, Richard Lowdon



As part of Forced Entertainment's 30th birthday celebrations in 2014 we'll be releasing a series of 30 videos throughout the year made with long term collaborator Hugo Glendinning. Forced Entertainment 84-14 will see the group reflect on the work, discuss the ideas behind it and set their minds on future possibilities.

domingo, 20 de abril de 2014

O Regresso a Casa, Harold Pinter - Artistas Unidos



Jorge Silva Melo necessita de curso de reciclagem?
Apanhou os tiques das palavras bruscas de Harold Pinter como uma doença incurável?
Actores em tom monocórdico?
Safa-se a interpretação de João Perry?
E depois a segunda parte...
E os actores libertaram-se um pouco com a velocidade do texto?

Espectáculo razoável com um texto do observador peculiar Pinter.

Pedido de João Mota a Jorge Silva Melo para o regresso de João Perry ao Teatro Nacional D. Maria II.

Até 27 de Abril.

O REGRESSO A CASA

The Homecoming de Harold Pinter
Tradução Pedro Marques
Com João Perry, Rúben Gomes, Maria João Pinho, Elmano Sancho, João Pedro Mamede e Jorge Silva Melo
Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves
Construção Thomas Kahrel Luz Pedro Domingos
Fotografias Jorge Gonçalves
Assistência Leonor Carpinteiro e Nuno Gonçalo Rodrigues
Produção executiva João Meireles
Encenação Jorge Silva Melo
Uma Produção Teatro Nacional D. Maria II/Teatro Nacional S. João/Artistas Unidos

MAX Se calhar não é má ideia ter uma mulher em casa. Se calhar até é uma coisa boa. Quem sabe? Se calhar devíamos ficar com ela.

Harold Pinter, O Regresso a Casa

Sexo, poder, luta: uma família num dia que, como tantos em Harold Pinter, começa com um homem sozinho lendo um jornal. Ameaças, jogos de animais predadores – ou de répteis venenosos? E o que é esta casa aparentemente banal, com escadas e móveis baratos? Um tempo em que passado e presente se misturam, uma casa de sonhos?


Encanta-me trabalhar o teatro exacto de Harold Pinter, os silêncios, o humor, a crueldade, encanta-me a maneira que tem de fazer falar o mais simples objecto, um copo de água, por exemplo. Encanta-me trabalhar com o João Perry, encantam-me estes actores, exactos.


Jorge Silva Melo

sexta-feira, 18 de abril de 2014

Kronos Quartet at 40



Grupo de excelência e inovação.
Sigo os seus trabalhos e projectos sempre fascinantes.
Cruzamento de géneros, música experimental e novos talentos.

I've always wanted the string quartet to be
vital and energetic and alive and cool and not afraid to kick ass
and be absolutely beautiful and ugly if it has to be
but it has to be expressive of live
to tell the story with grace and humor and depth
and to tell the whole story if possible

David Harrington

quinta-feira, 17 de abril de 2014

Pedro Macedo Camacho - Requiem Inês de Castro


Requiem Inês de Castro, Sé Velha de Coimbra, 5 de Abril de 2014

Soprano - Carla Caramujo
Barítono - Rodrigo Carvalho
Choir - Coro Sinfónico Inês de Castro
Orchestra - Orquestra do Norte
Conductor - Artur Pinho Maria

quarta-feira, 16 de abril de 2014

SALVO - Fabio Grassadonia, Antonio Piazza



Anunciado como o novo cinema italiano.
Bom filme com bons ambientes de interpretação e um argumento interessante.
Na festa do cinema italiano, Cinema São Jorge.


terça-feira, 15 de abril de 2014

Gaetano Donizetti - Poliuto



POLIUTO
de Gaetano Donizetti
Libreto Salvatore Cammarano

versão de concerto
São Carlos, 16 a 21 de abril

Poliuto Sérgio Escobar
Paolina Carmen Romeu
Callistene Luís Rodrigues
Severo Javier Franco
Felice Carlos Guilherme
Nearco Marco Alves dos Santos
Um Cristão André Henriques

Coro do Teatro Nacional de São Carlos
Maestro titular Giovanni Andreoli

Orquestra Sinfónica Portuguesa
Direção musical Sergio Alapont

-------
Surpresa agradável de uma ópera menos conhecida.
Orquestra bem. Boas vozes que permitiram uma fruição muito agradável.
Música de Donizetti, belo canto.
Menos de meia casa em noite de estreia, mas muitos aplausos.

segunda-feira, 14 de abril de 2014

#FE84-14 No. 5 12am | PACT 2014 | remarking cardboard signs



As part of Forced Entertainment's 30th birthday celebrations in 2014 we'll be releasing a series of 30 videos throughout the year made with long term collaborator Hugo Glendinning. Forced Entertainment 84-14 will see the group reflect on the work, discuss the ideas behind it and set their minds on future possibilities.

sábado, 12 de abril de 2014

Sérgio Godinho

Muito bom. Sempre bom.
A recordação de uma carreira, com temas políticos.
Sérgio Godinho, o nosso melhor.

Joana Barra Vaz e grupo, bom convite do Sérgio.
Música interessante. Letras boas, apesar de dificuldade de percepção em muitos momentos. Interpretações empenhadas com alguma sofisticação. Voz da Joana interessante, mas quase no limite de um timbre insuportável que está na moda. Versão de Liberdade de Sérgio bem conseguida.

terça-feira, 8 de abril de 2014

Le Trio Joubran


SAMIR JOUBRAN (alaúde)
WISSAM JOUBRAN (alaúde)
ADNAN JOUBRAN (alaúde)
YOUSSEF HBEISCH (percussão)

Gulbenkian, 9 de Abril

Muito bom.
Música por uma Palestina livre.
A quarta geração de fabricantes de alaúdes.

segunda-feira, 7 de abril de 2014

Festa do Jazz do São Luiz



Boa festa do Jazz.
Só consegui o concerto da noite e os convidados estrangeiros, de cada dia.

João Hasselberg e grupo, uma boa surpresa. Sem grande inovação, mas com alguma sofisticação, manteve os espectadores nas nuvens.

Ficções de Dudas, não é Jazz (que me interesse), é mais música para festas de verão. Fez-me lembrar os Trovante, aqui uma boa memória. Com a última música a roçar misturas de músicas do mundo, salvaram o concerto.

Gostei muito da experiência de Jacob Sacks com os jovens músicos da ESML. A cada intérprete foi permitido brilhar e ao conjunto experimentar.

De Steffen Schorn, com músicos consagrados e alunos da Lusíada clássica, também gostei, mas baseava-se no repertório do convidado com muito relevo para a sua interpretação. Aos portugueses não foi permitido ou não foi pedido grande exploração.

domingo, 6 de abril de 2014

Mahler 2ª Sinfonia

Grande obra musical!

Dora Rodrigues (soprano), María José Montiel (meio-soprano), o Coro do Teatro Nacional de São Carlos e a Orquestra Sinfónica Portuguesa interpretam uma obra maior de Gustav Mahler, sob a direção de Joana Carneiro, Maestrina Titular da Orquestra Sinfónica Portuguesa.

Hoje, CCB.

Boas interpretações.
Grande empenho de Joana Carneiro, como sempre.
Obra maior.

quarta-feira, 2 de abril de 2014

Bruno Monteiro e João Paulo Santos


Bruno Monteiro, violino
João Paulo Santos, piano
Teatro São Luiz, hoje

Luís de Freitas Branco (1890-1955)
Sonata nº1 para Violino e Piano
Andantino
Allegretto giocoso
Adágio molto
Allegro con fuoco

António Pinho Vargas (n. 1951)
Quasi una Sonata para Violino e Piano
Espressivo e flessibile
Corrente
Quasi Rondo (Un poco pesante)

Óscar da Silva (1870-1958)
Sonata Saudade para Violino e Piano
Allegro com duolo – Allegro molto
Andante
Scherzo
Allegro molto quasi presto ed appasionato

Quartett, ópera contemporânea na Gulbenkian


Quartett, ópera de Luca Francesconi com encenação de Àlex Ollé e desenho informático de som de Serge Lemouton.
Muito bom, ontem na Gulbenkian. Termina hoje.

Uma peça magnífica é o que se arranja quando se junta:
Choderlos de Laclos
Heiner Müller
Orquestra Gulbenkian
La Fura dels Baus
Teatro Alla Scala
IRCAM - Centre Pompidou

Susanna Malkki (maestrina)
Allison Cook (meio-soprano) (Marquesa de Merteuil)
Robin Adams (barítono) (Visconde de Valmont)
Excelente temporada Teatro / Música da Gulbenkian e Maria Matos que termina em Maio com Anne Teresa de Keersmaeker.

terça-feira, 1 de abril de 2014

Steffen Schorn - Universe of Possibilities / Festa do Jazz do São Luiz


"Steffen Schorn´s Universe of Possibilities" at the studio recording session summer 2010 in Bonn. 

-------
Festa do Jazz do São Luiz

Domingo, 6 de Abril - 23h – Sala Principal
Steffen Schorn “Universe of Possibilities”

Steffen Schorn - sax, composição e direcção
André Santos – guitarra
Nelson Cascais - contrabaixo
Bruno Pedroso -bateria
Óscar Marcelino da Graça - piano
Ricardo Santos - fagote
João Guimarães - sax alto
Paulo Gaspar- clarinetes
Dina Hernandez - flautas
Ana Cláudia Serrão - violoncelo
Ana Filipa Serrão - violino
Joana Cipriano - viola d´arco

A convite da Festa do Jazz, Steffen Schorn vem a Portugal realizar uma residência tutorada com músicos profissionais portugueses. A iniciativa enquadra-se num programa mais vasto de internacionalização da música portuguesa e de intercâmbios entre músicos com elevadas aptidões artísticas e técnicas. Este é o primeiro concerto, inédito, e a primeira fase do lançamento de um programa em colaboração com o Goethe Institut. Começa aqui um projecto de pesquisa e troca de experiências, a construção de uma rede internacional e a co-produção de um programa na área da música improvisada entre Portugal e a Alemanha. Este concerto tem o apoio do Goethe-Institut Portugal.
-------